Descobrindo Intervales Atlas Ambiental

 

O Parque

A criação do Parque Estadual Intervales – PEI, em 8 de junho de 1995, definiu a categoria de manejo predominante para a região da Serra de Paranapiacaba, interligando o Parque Estadual Carlos Botelho ao Parque do Alto Ribeira – PETAR, num extenso continuum ecológico, com cerca de 120.000 há, onde se encontra também a estação Ecológica de Xituê.

Intervales encontra-se inserido nos municípios de Guapiara, Ribeirão Grande, Sete Barras, Eldorado e Iporanga, entre as coordenadas S 24º12’ e 24º32’, e W 48º03’ e 48º32’. Abrangendo a antiga fazenda do Banco do Estado de São Paulo – BANESPA, adquirida pela Fundação Florestal – SMA, e agregando terras devolutas, compreende 41.705 há de patrimônio natural, com notável biodiversidade.

Entrada do PEI

A preservação da Serra do Mar

O Parque Estadual Intervales foi a grande última grande área remanescente da Mata Atlântica declarada especialmente protegida de forma restritiva em São Paulo; embora, a rigor, sua conservação estivesse assegurada desde a aquisição em 1987. Desta forma, a Serra do Mar recebeu proteção restrita para seus ecossistemas de escarpa, mesmo persistindo descontinuidade em alguns trechos, sob a égide também de parque estadual, totalizando cerca de 611.438,75 há, conforme quadro abaixo, que corresponde aproximadamente a 2/3 da área total protegida nas unidades de conservação estrita do Estado.

Unidades de conservação estrita da natureza localizadas na Serra do Mar, NE-SW

1

Parque Estadual da Serra do Mar

IF

1977

3153,90

2

Estação Ecológica do Bananal

IF

1987

8,84

3

Parque Nascentes do Tietê

DAEE

1988

1,35

4

Estação Ecológica de Boracéia

MZUSP

1953

0,96

5

Reserva Biológica de Paranapiacaba

IBt

1938

3,36

6

Parque Estadual de Jurupará

IF

1992

262,50

7

Parque Estadual Carlos Botelho

IF

1982

376,64

8

Estação Ecológica Xituê

IF

1987

30,95

9

Parque Estadual Intervales

FF

1995

417,05

10

Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira

IF

1958

358,84

11

Parque Estadual de Jacupiranga

IF

1969

1500,00

 

Soma

 

2007

6114,38


IF Instituto Florestal-SMA; DAEE Departamento de Águas e Energia Elétrica-SRH; MZUSP Museu de Zoologia da USP; IBt Instituto de Botânica-SMA; FF Fundação Florestal-SMA.

Clique aqui para ver a representação cartográfica dos dados da tabela

Orientada no sentido NE-SW, acompanhando a direção brasileira da Serra do Mar, esta extensa seqüência de parques naturais interioriza-se e perfaz um grande arco de inflexão, distanciando-se da linha da costa, nas porções do maciço montanhoso ao sul do Estado. A ampliação desses alongados parques estaduais com a inclusão de ecossistemas de planície ou planalto, nos rumos sul e norte, permitiria abrigar novos ambientes e oferecer maior representatividade da flora e fauna.

A Serra do Mar, denominada Paranapiacaba em tupi-guarani, ou seja, montanha que detém o mar, recebe sucessivos nomes regionais ao longo de seu traçado. Divide em suas cumeeiras as águas da província costeira, que deságuam no Atlântico, daquelas que correm para o interior do Estado, formando os rios Tietê  e Paranapanema. Intervales apresenta, portanto, um ambiente serrano, abarcando trechos de relevo muito movimentado na escarpa propriamente dita, ou seja, sua porção sul. O norte da unidade, embora com ocorrência de relevos serranos, apresenta amplitudes topográficas mas baixas e declividade mais suave.

Extraído de:
CAMPOS, F. P. O Parque Estadual Intervales e o Serviço da Áreas Naturais Protegidas. Intervales/Fundação para a conservação e produção florestal do Estado de São Paulo. São Paulo. 2001.

 

botão Como chegar

Partindo de São Paulo, há basicamente duas opções:

SP-280 Rodovia Castello Branco: saindo de São Paulo, sentido interior, percorra a Rodovia Catello Branco até o km 129, observando as indicações para Tatuí. Siga pela SP-127 até Capão Bonito, km 213. Procure indicações para Ribeirão Grande através da SP-181. Depois de passar pela cidade, há um trecho de aproximadamente 25 km de estrada de terra, em boas condições, para chegar até a sede do parque. Percurso é de aproximadamente 280 km e, apesar de ser ligeiramente mais longo e mais caro pelos pedágios, é a melhor opção por oferecer maior conforto na estrada.

SP-270 Rodovia Raposo Tavares: saindo de São Paulo, sentido interior, percorra a SP-270 Rodovia Raposo Tavares até o km 168, em Itapetinga. Siga pela SP-127 até Capão Bonito, km 213. Procure indicações para Ribeirão Grande através da SP-181. Depois de passar pela cidade, há um trecho de aproximadamente 25 km de estrada de terra, em boas condições, para chegar até a sede do parque. Percurso é de aproximadamente 260 km, trecho ligeiramente mais curto e menor custo de pedágio, no entanto pode ser mais cansativo pois, principalmente na saída de São Paulo até Cotia, o trânsito pode tornar a viagem mais demorada.

Mapa Como chegar a Intervales

Clique aqui
para fazer o
download do mapa

Necessita de
Adobe Reader

Download mapa pdf



botão Informações para visitação

Visitação Pública: das 8:00 às 17:00 horas.
Horário de Acesso e de Recepção do Parque:

a) Para os visitantes que se utilizarão dos serviços de hospedagem: o horário de entrada das 8:00 até às 21:00 horas

b) Para os demais visitantes (que não se utilizarão dos serviços de hospedagem): a partir das 8:00 e saída no máximo até às 17: 00 horas

c) Para Pesquisadores, que se utilizarão dos serviços de hospedagem nas unidades de pesquisas, das 8:00 até às 21:00 horas.

Fonte: Fundação Florestal / Parque Estadual Intervales

botão Visitas guiadas por monitores do parque

O PEI possui monitores treinados para acompanhar os vistantes através das estradas e trilhas do parque e levá-los a conhecer os diversos atrativos turísticos do parque. é indicado consultá-los para saber os níveis de dificuldade oferecidos em cada passeio, conferindo maior segurança e proveito do passeio. Há também a trilha auto-guiada, sinalizada para que o visitante possa percorrê-la sem ajuda do guia

Monitor do parque seta

Para quem quer conhecer as grutas e cavernas, a monitoria dipõe de equipamento de iluminação (carbureteira) para os visitantes. seta

  Monitoria


Carbureteira

 

botão Onde e como se hospedar no parque

O parque possui pousadas dentro de sua área, podendo proporcionar estadia próxima à natureza e pequenos deslocamentos no seu passeio. Para saber mais, entre em contato com a administração, através dos telefones (15) 3542-1511 e 3542-1245.

Se você é pesquisador, há acomodações e serviços especiais (consulte http://www.fflorestal.sp.gov.br/pesquisa_interv/apresentacao.htm).

Pousada Pica-Pau - Possui sete apartamentos com suíte, camas de solteiro. Sala com lareira e sala de televisão, varanda com cadeiras e mesas para jogos e leituras. Piscina de água clorada, pequena cozinha. A distância do restaurante é de 100 metros. Capacidade total de 22 leitos.
Pousada Pica-Pau
Pousada Esquilo - Possui quatro apartamentos com suíte e dois apartamentos com banheiro conjugado. Sala com lareira, pequena televisão, cozinha e uma saleta com mesa e bancos. A distância do restaurante é de 700 metros. Capacidade total de 17 leitos.
Pousada Esquilo
Pousada Onça Pintada - Possui quatro apartamentos com suíte no andar superior e três apartamentos com suíte no andar inferior com camas de solteiro e beliches. Centro de vivência ao lado com lareira, mesas, cadeiras. Este espaço possui infra-estrutura para cursos, treinamentos entre outras atividades de grupo. A distância do restaurante é de 500 metros. Capacidade total é de 38 leitos.
Pousada Onça Pintada
Pousada Mono-Carvoeiro - Possui dois quartos com beliches, suite e varanda. Localizado no meio da mata secundária. A distância do restaurante é de 800 metros. Capacidade total é de oito leitos.


Fonte: Fundação Florestal / Parque Estadual Intervales

Pousada Mono-Carvoeiro

botão Infra-estrutura de lazer no parque

O parque possui algumas atraçoes que podem ser desfrutadas para quem vai passar somente um dia lá. Há quiosques perto do Lago Novo para piqueniques, a Piscina de Pedra, trilha autoguiada, quadras de esporte, churrasqueiras e parquinho para crianças.

Dentro do parque há um restaurante administrado pela Coopervales que oferece almoço e jantar e está localizado próximo à area da administraçãoa e recepção. Também lá, há uma pequena loja de souvenirs com camisetas e bonés de Intevales.