LINHAS DE PESQUISA

 

Ontologia em Geografia e seus Fundamentos Empíricos

(Pesquisador Responsável: Prof. Dr.Elvio Rodrigues Martins)

Descrição: Estudo dos principais elementos que formam a base objetiva do fundamento ontológico em geografia. Os temas são:

- o urbano em diferentes geografias;
- a tecnologia na relação homem/meio;
- a geografia cultural enquanto identidade e pertencimento do Homem e da Sociedade em relação ao território;
- geografia das comunicações;
- a geografia política e as diferentes relações de poder.

Aglomeração territorial da indústria de alta tecnologia e metamorfose metropolitana.

(Pesquisador Responsável: Profa.Livre-Docente Sandra Lencioni)

Descrição: O objetivo dessa pesquisa é analisar a distribuição territorial das indústrias de alta tecnologia no Estado de São Paulo tendo em vista compreender a sua relação com as condições gerais de produção que criam possibilidades de aglomeração territorial dessas indústrias, bem como alteram o habitat urbano na cidade-região de São Paulo . A hipótese de pesquisa é que as indústrias de alta tecnologia tendem à aglomeração territorial porque necessitam de determinadas condições gerais de produção que se desenvolvem concentradas espacialmente e que se fazem acompanhar de transformações no habitat urbano relacionadas ao desenvolvimento e intensificação das redes materiais e imateriais concorrendo, no caso de São Paulo, para a constituição de uma cidade-região. Essas redes são chaves na compreensão das transformações no habitat urbano que se faz presente no interior da cidade-região, pois elas realizam a possibilidade de morar e trabalhar em lugares distintos e criam a possibilidade de aproximar o que está distante.

Transformações sócio-territoriais das grandes áreas metropolitanas. Uma visão comparada dos casos de Buenos Aires, Santiago do Chile e São Paulo.

(Pesquisador Responsável: Profa.Livre-Docente Sandra Lencioni)

Descrição: Esse Projeto de Pesquisa se situa no âmbito do Edital PROSUL e envolve pesquisadores experiente de três países: Brasil, Argentina e Chile. Sua pertiinência advém do fato de que qualquer proposta de estudar as cidades latino-americanas se justifica pela enormidade de seus problemas e pela urgência em encontrarmos solução. Esta proposta de cooperação internacional se destaca por propor realizar uma análise comparativa e integrada das mais importantes metrópoles da América do Sul apresenta destacada relevância e justificativa tanto pelos seus objetivos como pelos resultados esperados: 1. Objetivos Compreender e indagar, por meio da análise conjunta de três das mais importantes metrópoles da América do Sul: São Paulo, Buenos Aires e Santiago -, as transformações operadas em suas respectivas configurações metropolitanas e os processos sócio-territoriais que têm impactado a produção social do espaço nessas cidades da América Latina. 2. Entre os resultados espera-se: - Consolidar o intercâmbio de experiências de cooperação internacional entre pesquisadores que, individualmente, desde mais de uma década vem se encontrando, debatendo e pesquisando sobre os processos de metropolização e reestruturação das grandes cidades de seus respectivos paises - Aprofundar as relações entre instituições vinculadas à produção de Ciência e Tecnologia e à formação universitária, contribuindo para a difusão e produção de novos conhecimentos no domínio das Ciências Sociais Aplicadas, qualificando recursos humanos e gerando capacitação ao incluir jovens investigadores e bolsistas de pós-graduação em equipes de pesquisa dos três países. - Afiançar a criação de uma base cientifica para uma plataforma de alternativas capaz de apoiar processos decisórios de gestores de políticas urbanas metropolitanas. Essa plataforma se viabiliza a partir de uma análise integrada, comparativa e crítica das possibilidades geradas pelo crescimento e transformação de áreas densamente urbanizadas em espaços metropolitanos.

O Mapa da Indústria no Início do Seculo XXi Diferentes Paradigmas para a Leitura Territorial da Dinâmica Econômica no Estado de São Paulo. Coordenador: Prof. Dr. Eliseu Savério Sposito

(Pesquisador Responsável: Profa.Livre-Docente Sandra Lencioni)

Descrição: Tendo-se como preocupação constante o relacionamento de conceitos importantes no pensamento geográfico, pretende-se verificar como se dá a dinâmica econômica no interior do Estado de São Paulo, considerando-se o papel da metrópole na geração de riquezas relativas ao estado e ao país, e do interior na produção industrial, no comércio e nos serviços vis-à-vis a constituição de uma rede logística, definida pelas autopistas e pelas cidades médias. O desafio maior é relacionar a dinâmica da desconcentração industrial em direção ao interior do estado com a dinâmica do emprego e do desemprego em todos os setores econômicos levando-se em conta, ainda, a dinâmica populacional. No final, o mapeamento das transformações socioeconômicas e territoriais poderá mostrar, didaticamente, os tempos e os movimentos para a leitura da dinâmica econômica pelos recortes propostos. O objetivo deste projeto é relacionar a dinâmica de desconcentração industrial em direção ao interior do Estado de São Paulo coma dinâmica de emprego e de desemprego em todos os setores econômicos, levando-se em conta, ainda, a dinâmica populacional. O mapeamento destas transformações socioeconômicas e territoriais poderá mostrar os tempos e os movimentos para a leitura da dinãmica econômica e avaliar como esse conjunto de mudanças altera a estruturação urbana neste estado.

 

lergeo home